Atualmente, segundo Park (2009), a maior parte das designações ccTLD feitas pela ICANN são para entidades governamentais. Essa tendência, consolidada nos últimos anos, é resultado do interesse público envolvido na gestão dos ccTLDs, por meio da proteção da informação, da propriedade intelectual e dos direitos individuais, da promoção da presença nacional na internet e do reconhecimento dos nomes de domínios como recursos da coletividade.
Permitem que os usuários da Internet naveguem e se comuniquem on-line em seu script ou idioma preferencial, transformando a Internet em uma ferramenta verdadeiramente global e multilíngue. Ao adicionar IDNs a suas opções de nome de TLD, as empresas de registro de domínios têm a oportunidade de expandir os serviços e aumentar potencialmente as receitas. Nem todos os gTLDs oferecem IDNs.

Como regra geral, da Resolução nº 01/98 do Comitê Gestor da Internet no Brasil, o direito ao nome de domínio será do primeiro requerente (first come, first served) desde que: 1 – não haja ainda registro de expressão idêntica; 2 – o nome seja moral; 3 – o nome não esteja reservado pelo comitê gestor (ex: internet, aeroportos, web, etc, registro); 4 – o nome seja de uma marca conhecida e o requerente seja o dono desta marca (ex: www.cocacola.com.br só poderia ser registrado pelo dono da marca do refrigerante; siglas de estados e de Ministérios); 5 – seja feito o pagamento periódico do registro e sua manutenção.
Os nomes de domínio foram criados para tornar os endereços IP fáceis de lembrar. Todo computador tem um endereço IP atribuído a ele, como se fosse um endereço físico. Mas em vez de ter que memorizar cada número do endereço IP, atribuímos nomes de domínio a esses números para que possamos lembrar deles facilmente. O sistema de nomes de domínio (DNS), traduz nomes de domínio em seus endereços IP para que os computadores possam se comunicar uns com os outros. Quando você insere um nome de domínio em seu navegador da Web, o navegador simplesmente usa esse domínio para localizar o endereço IP correspondente e, em seguida, mostra o site associado a ele. Se você possui uma empresa, a GoDaddy pode ajudá-lo a encontrar um nome de domínio que melhor se adapte a ela, para que você possa facilmente promover o seu site.
Amcham Business Day Anatel Banda larga Blog cache campanhas CGI.br como melhorar seu Wordpress cPanel Cubocc depoimento desenvolvimento Dicas DNS domínios E-mail marketing email feedback Flush DNS Hospedagem hospedagem de sites IAB instalação internet iseminar Jovem Nerd Mail Mandic melhor horário performance plugins plugins para turbinar o Wordpress redes sociais Registro de domínio segurança sistema de afiliados site corporativo StarHosting tunning Tutoriais tutorial vps W3C Windows Live Mail Wordpress
O Dot-o-mator permite que você crie sugestões para nomes de domínio, usando listas de categorias de início e fim. Você insere uma palavra (ou palavras) na caixa à esquerda e depois escolhe algumas palavras para o fim  (ou digita as suas próprias). Clique para combiná-los e o Dot-o-mator irá gerar uma lista de nomes de domínio disponíveis. Caso você veja algum nome que goste, pode salvá-lo na sua “caixa de rascunho” e continuar pesquisando.
Velha ave de rapina, estudioso da web e seus desdobramentos, nerd, micreiro, pai dedicado de três filhos (um é peludo), marido esporádico, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro digital, blogueiro, apreciador de cervejas artesanais, profundo admirador do WordPress, ouvinte das músicas dos anos 80, sobrevivente do colesterol alto e corredor muito muito amador.

Aos poucos e com o avanço da internet no Brasil, a restrição de um registro por CNPJ foi alterada para dez domínios e, finalmente, abolida. Atualmente, inclusive, pessoas físicas com CPF podem solicitar o registro do nome de domínio. O sistema de registros não distingue nenhum usuário e tampouco o conteúdo de um domínio. Sendo assim, a todas as extensões de domínio br, sejam grandes organizações ou pessoas físicas, corresponde o pagamento da mesma quantia ao ter o domínio.
A mudança pode vir mais rapidamente do que se imagina. Alguns pilotos de versões alteradas de registro começam a ser testadas por registradores de nomes de domínio. A Verisign, responsável pelo registro dos domínios “.com”, está experimentando um novo modelo. O Registration Data Access Protocol (RDAP) permite que alguns dados sejam acessados apenas por pessoas autorizadas. Dessa forma, autoridades investigativas poderiam continuar tendo acesso a dados de registro, embora os mesmos não estivessem mais disponíveis para o público em geral.
Conforme formos aprendendo mais, vamos compartilhar informações e materiais relevantes com os registradores e outros para ajudar no trabalho de apoio aos registrantes de nomes de domínio. O Centro Global de Apoio (GSC) e a equipe de conformidade da ICANN identificaram questões e problemas comuns enfrentados pelos registrantes. Vamos compartilhar essas informações com os registradores e outros, além de colaborar com os membros da comunidade da ICANN para incentivar e apoiar a participação dos registrantes nos processos da nossa corporação.
Os nomes de domínio foram criados para tornar os endereços IP fáceis de lembrar. Todo computador tem um endereço IP atribuído a ele, como se fosse um endereço físico. Mas em vez de ter que memorizar cada número do endereço IP, atribuímos nomes de domínio a esses números para que possamos lembrar deles facilmente. O sistema de nomes de domínio (DNS), traduz nomes de domínio em seus endereços IP para que os computadores possam se comunicar uns com os outros. Quando você insere um nome de domínio em seu navegador da Web, o navegador simplesmente usa esse domínio para localizar o endereço IP correspondente e, em seguida, mostra o site associado a ele. Se você possui uma empresa, a GoDaddy pode ajudá-lo a encontrar um nome de domínio que melhor se adapte a ela, para que você possa facilmente promover o seu site.

Se seu site exigir muita versatilidade e diversas funcionalidades, você se beneficiará dos programas e aplicativos que podem ajudá-lo a criar seu site. Os nossos planos de Hospedagem de sites dão acesso gratuito a aplicativos de servidor que podem ser usados para desenvolver e personalizar seu site, incluindo aplicativos populares de Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS), como WordPress® e Joomla!®. Você pode até adicionar um IP dedicado se planeja adicionar um Certificado SSL mais tarde.
A hospedagem compartilhada é a maneira mais fácil e acessível de começar na web. Pense nisso como alugar um quarto em uma casa grande, você tem seu próprio pequeno espaço privado (seu quarto) e você compartilha as instalações na casa como a cozinha e banheiro. Em termos de hospedagem, sua sala privada é seu diretório inicial e ninguém mais pode colocar seus dados em seu diretório pessoal. É só sua. No entanto, você ainda precisa compartilhar os principais recursos do servidor com outros sites, como CPU, RAM (memória) e conectividade de rede.
×